Planejamento urbano de BH é tema da primeira palestra do projeto Novos Registros em 2013

A Fundação Municipal de Cultura, por meio do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte, promove a palestra de Reginaldo Gonçalves de Souza “A formação da renda espacial e o processo contemporâneo de revalorização dos centros urbanos: discursos e prática”, parte do projeto Novos Registros – Banco de Teses sobre BH. A apresentação acontece nesta terça, dia 26, às 19h, no auditório do Museu Histórico Abílio Barreto (avenida Prudente de Morais, 202, bairro Cidade Jardim). A entrada é gratuita.
Ação mais antiga em andamento da Fundação Municipal de Cultura, o projeto do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte completa 20 anos em abril e abre as palestras de 2013 debatendo o planejamento urbano estratégico em Belo Horizonte e na região metropolitana. Após três anos sendo apresentado no Centro de Cultura Belo Horizonte, atual Centro de Referência da Moda, o Novos Registros volta ao Museu Histórico Abílio Barreto a partir deste mês.
A tese de doutorado em Geografia “A formação da renda espacial e o processo contemporâneo de revalorização dos centros urbanos: discursos e prática”, defendida na UFMG, em 2010, analisa a inserção de Belo Horizonte e de sua região metropolitana na emergência de um novo modelo de desenvolvimento, que promove a ressignificação do espaço local dentro do processo geral de globalização econômica.
O trabalho do professor da PBH utiliza a cidade de Belo Horizonte como um campo de observação, apresentando a origem do planejamento urbano estratégico e a sua adoção nas últimas décadas pelos governos municipais e estaduais. As interseções e as contradições que existem entre o planejamento e os processos sociais gerados são discutidos na tese, assim como a competição interurbana, que deve ser considerada nesse processo e na realização das intervenções sócio-espaciais.
Após a palestra, o autor participará de um bate-papo com o público. Os trabalhos que compõem o projeto Novos Registros podem ser consultados, pessoalmente, no Banco de Teses do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte, localizado na rua Itambé, 227, no bairro Floresta.
Fonte: Portal PBH

Publicado por Ana Paula Sena de Almeida

Eu tenho insights! ;-) www.apsaprojetos.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: