Até 14 de Dezembro Istambul faz-nos pensar o futuro através do design e, com ele, dá-nos esperança. Entre o “palácio branco” de Erdogan e milhares de manifestos, há muitas perguntas e caminhos possíveis nesta bienal.