Apesar da diminuição de R$ 17 milhões nos recursos, Diego Rocha, da Fundação de Cultura, garante que pasta não será prejudicada cultura/- Jornal do Commercio