Empresas interessadas terão que bancar serviços e segurança em eventos oficiais