Pelo segundo ano, o Governo distingue cinco “Mulheres Criadoras de Cultura”, no âmbito do Plano Nacional para a Igualdade-Género, Cidadania e não Discriminação.