Godfrey Deeny, editor de moda do “Le Figaro” ©Reprodução Esqueça a ideia preconcebida de editor de moda inacessível, à la Anna Wintour e “O Diabo Veste Prada”.