Novas edições de festivais alternativos e novidades nas artes visuais, cênicas, literárias, cinematográficas, musical e regional prometem agitar Manaus e o Amazonas no próximo ano