PX Silveira Especial para Diário da Manhã Não é preciso ser futurólogo ou especialista para se inquietar quanto aos destinos da gestão cultural no Brasil, neste ano de 2015. Contra as expectativas fervilhantes de um ano atrás, quando tínhamos a Copa do Mundo e as eleições pela frente, este parece será um ano apático, em que muito …