O FRUTO DA SABEDORIA

Passará por provas e expiações. Enfrentará a cova de Leões e deverá sair de todas estas provas como um “profeta na presença do espírito santo”. Caso seja um pesquisador, deverá sobreviver aos assédios dos oponentes e continuar confirmando frente sua realidade os fatos científicos que conseguir registrar. Eis o desafio! Depois da árvore do frutoContinuar lendo “O FRUTO DA SABEDORIA”

O Estado insidioso

Quando o Estado resolve tornar-se um saqueador de recursos, a primeira atitude dos gestores públicos sem ética é corromper a ordem e a harmonia dos processos judiciais. Quando um cidadão procura a justiça do trabalho com o intuito de buscar seus direitos, ele jamais imagina as estratégias sórdidas das quais o Estado é capaz deContinuar lendo “O Estado insidioso”

Reflexões sobre a Individualidade, conforme LEITURA II – Spinoza

Ainda refletindo o olhar MACROCÓSMICO SOBRE A INDIVIDUALIDADE, conforme a citação: Podemos evocar neste ponto a maneira como Gilles Deleuze diz que toma emprestado de Duns Scoto uma distinção elaborada na Idade Média, para tentar estudar uma forma de individuação da essência modal, individuação de ordem intensiva, que não exige pensar as essências das coisasContinuar lendo “Reflexões sobre a Individualidade, conforme LEITURA II – Spinoza”

LEITURAS II – Filosofia / Spinoza

(…) Isto quer dizer que o indivíduo deve ser compreendido como uma realidade composta, que é explicado às vezes segundo as relações mecânicas da matéria e como a afirmação de uma potência de ser. E é por esta razão que esse mesmo indivíduo, desde que é produzido por leis mecânicas sob a relação de composiçãoContinuar lendo “LEITURAS II – Filosofia / Spinoza”

Reflexões sobre a Individualidade, conforme LEITURA I – Spinoza

Ao contrário, o pensamento adequado relaciona as coisas finitas e singulares entre elas e forma assim conjuntos compostos, o quais estão em relação com outros conjuntos. Os conjuntos assim descritos integram-se uns aos outros em sistemas superiores, os quais, por sua vez, estão em relação entre eles. Etc. A perspectiva muda se for evocado oContinuar lendo “Reflexões sobre a Individualidade, conforme LEITURA I – Spinoza”

LEITURAS I – Filosofia / Spinoza

  Física da individualidade Spinoza exclui qualquer assimilação do indivíduo a uma forma de realidade orgânica dotada de uma unidade específica, distinta da relação mecânica entre partes extensas que estão necessariamente em exterioridade umas em relação às outras. Quer dizer, a que ponto a temática spinozista do indivíduo é exclusiva de toda finalidade interna queContinuar lendo “LEITURAS I – Filosofia / Spinoza”

INVESTIGANDO A MÍSTICA DA CONSCIÊNCIA NO CIBERESPAÇO I

  Consciência versus Identidades: Primeiras questões Caso haja uma consciência no espírito ou membros atuantes humanos habitantes do ciberespaço, é preciso perguntar por onde ela começa. Começa na descoberta de um EU, em um EU SOU (aquele que se reconhece e que se identifica tal qual é qualquer que seja a circunstância) – os seusContinuar lendo “INVESTIGANDO A MÍSTICA DA CONSCIÊNCIA NO CIBERESPAÇO I”

A informação como extensão do corpo

Quando pensamos em “realidade virtual”, imediatamente relacionamos a tecnologia, as máquinas que conectam corpos humanos a espaços de interatividade eletrônica, jogos, dança, relacionamento, etc. mas sempre penso no oposto como alguma versão de ficção científica ainda não compreendida pela raça humana. Faço-me a pergunta: “E se, na verdade, a realidade virtual for a própria vidaContinuar lendo “A informação como extensão do corpo”